Desenhada com a plataforma de e-commerce da VTEX, a loja virtual do Mambo é uma das mais modernas do Brasil, concebida com tecnologias avançadas para atender os clientes com inovação e facilitar o seu dia a dia. O supermercado online já nasceu pronto para interagir com os consumidores pelas redes sociais e ser acessado pelos dispositivos móveis.

Um aplicativo desenvolvido para iOS da Apple e Android coloca o Mambo.com ao alcance dos smartphones e tablets.

"O paulistano tem um dia a dia muito corrido. Diante dessa realidade, elaboramos ferramentas que, além de serem totalmente seguras, ‘otimizam’ o tempo dos clientes, permitindo que a compra seja realizada em qualquer lugar ou a qualquer hora do dia"

Explica André Nassar, diretor de Negócios do Grupo Mambo Giga Brasil (MGB), que controla as bandeiras Supermercados Mambo e o Giga Atacado.

Pelo smartphone, o consumidor pode fazer compras de supermercado enquanto aguarda um compromisso na espera de uma consulta, por exemplo. "Investimos muito para criar plataformas com a qualidade Mambo e nosso intuito é simplificar a rotina e suprir as necessidades dos fregueses", afirma o executivo.

Nassar acredita que o avanço da mobilidade no Brasil dará um grande impulso ao supermercado online. Dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) revelam que existem no País mais de 280 milhões de linhas móveis ativas. "Hoje cada celular pode se transformar em uma loja Mambo", diz ele.

Mambo

#Experiência do cliente

O Mambo.com foi criado para conquistar a clientela com entregas rápidas de alimentos frescos e congelados, no prazo de até 24 horas. Para vencer o desafio da venda de produtos perecíveis pela internet, a loja virtual funciona integrada com a rede física, o que possibilita compartilhar estoque e sistema de distribuição da cadeia varejista já existente.

Para Alexandre Soncini, vice-presidente da VTEX, essa estratégia é um dos grandes diferenciais do e-commerce do Mambo.

"Hoje a maioria das lojas online de grandes varejistas funciona com um centro de distribuição separado. Os negócios no contexto 'fresh' exigem entregas rápidas e uma boa logística"

A sinergia com offline permite ao e-commerce do Mambo colocando à disposição dos compradores online cerca de mais de 10 mil itens oferecidos pelo supermercadista.

“Tivemos muito cuidado com os detalhes, tudo para oferecer o melhor serviço aos nossos consumidores. Os produtos são separados de acordo com suas categorias, embalados e transportados com todo cuidado”, "Em outros países já se tornou costume realizar as compras de supermercado semanais ou mensais utilizando as lojas virtuais. Queremos que os clientes experimentem o novo serviço",

Diz o Nassar.

Com esse objetivo, o varejista criou campanhas, oferecendo cupons de descontos para seduzir clientes da rede física a comprar também pelo online.

#Oportunidade de negócios

Nassar avalia que a participação das vendas online ainda representa um percentual pequeno comparado os resultados das unidades físicas, mas aposta no crescimento desse negócio por causa do aumento da maturidade do varejo virtual no Brasil. Dados da consultoria e-Bit apontam que o comércio eletrônico movimentou R$ 35,8 bilhões no Brasil em 2014, com crescimento de 17%, em relação a 2013.

"Estamos entrando no varejo online de alimentos não por escolha, mas por necessidade"

Argumenta o executivo, dizendo que o Mambo não pode ficar fora desse negócio. Ele considera que o Brasil está mais preparado para compras de supermercado pela internet por uma série de fatores. Entre os quais menciona a disseminação das redes de banda larga e a locomotiva da mobilidade.