Após trabalhar por quase uma década na VTEX, posso afirmar que não existe melhor ou pior sistema. Existe aquele que melhor se adapta ao seu momento. Conversa de vendedor aquele que diz que o sistema que ele tem é o melhor do que o do outro, sem antes não conhecer o básico da sua loja virtual ou do seu projeto.

Costumo dizer que a ferramenta de loja virtual é igual a um carro. De que adianta você ter uma Ferrari Spider 488 de 1 milhão de reais se você pratica trilhas e off-road. Para que você quer um carro de formula 1 se você acaba de tirar sua carta de motorista. Conheça primeiro as suas demandas para depois analisar as ferramentas.

Não se iluda, se você é um pequeno empresário ou está empreendendo pela primeira vez, opte por ferramentas mais baratas como a Loja Integrada. Além de você não precisar de investimento inicial alto, o modelo permite com que você monte facilmente sua loja. Em poucos dias ou semanas você terá sua loja pronta.

Lembre-se: você não pode gastar mais de 20% do orçamento total do projeto com a plataforma de loja virtual

Se você já está com uma loja virtual online veja os principais fatores que levam as lojas virtuais a migrarem de plataforma e obterem melhores resultados.

#1. Funcionalidades mais avançadas

Plataformas mais robustas possuem mais funcionalidades. Inicialmente você irá negligenciá-las pois não perceberá o quão importantes são (isso não é um problema, é uma fase e deve ser passada por todos), mas com o tempo e a maturidade da loja, você verá quais são de fato importantes.

Esse é o principal fator que faz com que as lojas virtuais não cresçam mais e permaneçam no mesmo nível de vendas. Nesse momento, a migração é importantíssima.

#2. Checkout intuitivo

Como cerca de 75% dos carrinhos são abandonados, uma plataforma com bom checkout é sinônimo de aumento de vendas. Portanto, muitas lojas virtuais migram para sistemas que possuem checkout mais inovador buscando diminuir esse indicador.

Agora que a loja já tem um tráfego relevante, é importante se preocupar com os detalhes. Um checkout como o Smartcheckout da VTEX pode aumentar sua conversão em até 21%.

#3. Flexibilidade de layout

Se no começo as lojas virtuais optam por plataformas de menor custo e com um template já pronto, mas depois isso se torna o pior pesadelo. Com o tempo, elas passam a querer criar páginas especiais para marcas, landing pages de natal, fazer testes A/B e a plataforma terá que dar a capacidade de realizar tais tarefas de maneira fácil e rápida, sem limitações.

Uma plataforma que tenha um módulo de CMS, um gestor de páginas nativo e integrado, te dará total capacidade para customizar sem depender do seu fornecedor.

#4. Multi-modelos de negócios

Muitas lojas virtuais começam com os modelos tradicionais de venda online e depois buscam expandir para B2B (business to business ou empresa para empresa), venda para funcionários, televendas, atacado, atacarejo entre outros.

Migrar para apenas uma plataforma que centralize tudo ajudará a ganhar escala e diminuir custos operacionais.

#5. Promoção e segmentação

Conhecer os diversos públicos que acessam a loja e poder direcionar as promoções corretas é fundamental.

Uma promoção de desconto para o cliente que veio do comparador de preço. Um brinde para clientes antigos que já compraram muito. Um desconto percentual para uma determinada marca que você obteve uma condição diferenciada de pagamento.

A plataforma não pode restringir a capacidade da loja em gerar ROI das campanhas de marketing.

#6. Estabilidade

Suportar 50 visitantes simultâneos foi fácil. Essa barreira a loja já superou. Mas agora o problema é o Black Friday onde o fluxo aumentará em 15 vezes.

Se a loja saiu do ar quando houve uma promoção pontual, imagina agora! Estabilidade quando a loja começa é fácil, o problema está com o crescimento do acesso e principalmente nos picos de acesso.

#7. Integração com outros sistemas

Vejo quase 30% dos clientes VTEX começarem sua loja virtual se possuirem integração com seu sistema ERP. Mas depois de aumentar as vendas e passar de 2 ou 5 pedidos por dia, uma loja com 20 pedidos dia já precisa de uma ERP integrado.

Se a plataforma não possuir capacidade de integração com o ERP e outros sistemas, você terá sua capacidade de crescimento limitada e um grande trabalho operacional.

#8. Capacidade de customização

Com o amadurecimento talvez você queira desenvolver novas funcionalidades. Agora você quer deixar o cliente customizar o nome dele na camiseta do time. Você quer deixar o cliente montar o seu próprio computador ou notebook dentro das diversas opções de hardware que existe.

Um sistema engessado pode bloquear algumas oportunidades de negócios e o crescimento das vendas.

#9. Omnichannel

Integração com estoque de lojas físicas, retirada em loja e controle de multi lojas são algumas funcionalidades que a loja pode começar a demandar no futuro.

Com a sinergia do online e offline, além do aumento das vendas, será possível diminuir ou otimizar diversos custos.

Um cliente que opta por retirar o pedido em uma loja, além de fazer a loja virtual economizar nos seus processos, gera uma nova oportunidade de vendas quando o cliente visita a loja física.

#10. Mobile

Lançar a loja. Primeira barreira vencida. Agora como otimizar todos os pontos de compra do cliente, começando pelo mobile que vem ganhando extrema relevância no mercado brasileiro. Alguns clientes VTEX já observam mais de 50% de suas vendas sendo geradas por mobile. Chegou a era do Mobile First ou mobile em primeiro lugar.

Todos os pontos citados acima são fundamentais para o aumento das vendas. Sem eles, provavelmente sua loja ficará estagnada.

Agora é hora de avaliar se a sua plataforma está adequada ou seu momento e definir se irá manter ou migrar!

Se você quer saber como a plataforma VTEX pode te ajudar a vender mais, fale agora com um dos nossos especialistas.